ATÉ R$ 9.473

PRF abre concurso com 500 vagas para policial rodoviário

O salário é de R$ 9.473,57, e as inscrições ficam abertas entre os dias 3 e 18 de dezembro.

0

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou edital do concurso de nível superior, com 500 vagas para policial rodoviário. O salário é de R$ 9.473,57, e as inscrições ficam abertas entre os dias 3 e 18 de dezembro. Ao todo, 100 vagas são reservadas para candidatos negros e 33 para pessoas com deficiência.

O policial rodoviário terá jornada de 40 horas semanais de trabalho em atividades de natureza policial – fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários etc.

As inscrições podem ser realizadas no site do Cespe/Cebraspe, no link: http://www.cespe.unb.br/concursos/prf_18. A taxa de inscrição é de R$ 150. As vagas estão distribuídas em 18 estados: AC, AP, AM, BA, GO, MA, MT, MS, MG, PA, PI, RJ, RS, RO, RR, SP e TO.

A seleção consiste em prova objetiva e prova discursiva, que serão aplicadas na data provável de 3 de fevereiro de 2019,  além de exame de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, avaliação de títulos e investigação social. A previsão, conforme a PRF, é que os locais e horários das provas sejam disponibilizados em 30 de janeiro de 2019, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/prf_18.

O concurso tem validade de 30 dias, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final do curso de formação profissional, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

PRF
Inscrições: 3 a 18/12 de 2018
vagas: 500
Salário: R$ 9.473,57
Taxa: R$ 150
Prova: 03/02/19
Edital: http://www.cespe.unb.br/concursos/prf_18/arquivos/ED_1_PRF_2018_ABT.PDF
Conteúdo da prova objetiva: língua portuguesa, raciocínio lógico-matemático, informática, noções de física, ética no serviço público, geopolítica brasileira, história da PRF, legislação de trânsito, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional, noções de direito penal e de direito processual penal, legislação especial e direitos humanos e cidadania.

Redação O POVO Online 

X

Expediente